Muere el pai Edu, el rey del candomblé de Brasil.

Muere el pai Edu, el rey del candomblé de Brasil

El pasado 4 de mayo murió en Olinda (Brasil) el ‘pai’ Edu, considerado el rey en este país del culto afroamericano conocido como candomblé. Reproducimos a continuación algunas de las noticias publicadas. Noticia de la muerte (JC Online, 4/05/11)
Faleceu às 6h desta quarta-feira (04/05), com falência múltipla de órgãos, o babalorixá Pai Edu, responsável há 60 anos, pelo Palácio de Iemanjá, no Alto da Sé, em Olinda. Eduin Barbosa da Silva, com 77 anos, estava internado desde 23 de março no Hospital Miguel Arraes, em Paulista. Segundo a assessoria da unidade, ele deu entrada com insufiência renal e infecção respiratória. Ficou de 04 a 18 de abril na UTI e estava até a manhã de hoje no isolamento da Clínica Médica.
O corpo do babalorixá ainda se encontra no necrotério do hospital, aguardando as providências referentes ao velório. Há expectativa de que seja velado, a partir da tarde de hoje, no Palácio de Iemanjá, onde viveu, no Alto da Sé, ou no Mercado Eufrásio Barbosa, no Varadouro, e só sepultado amanhã, no Cemitério do Guadalupe.
De acordo com Pai Carlos, amigo de Pai Edu e que confirmou as informações ao Jornal do Commercio, o babalorixá era considerado o rei do candomblé do Brasil desde 1972, quando foi coroado no Ginásio de Esportes Geraldo Magalhães, Geraldão, na Imbiribeira.
Foi consultor espiritual de artistas famosos, casou alguns deles e era presença frequente em programas de televisão na década de 70 do século passado. Também era procurado por clubes de futebol para ajudar na conquista de títulos.
Velan su cuerpo (Ne 10, 5/05/11)
Está sendo velado na manhã desta quinta-feira (5) o corpo do babalorixá Eduim Barbosa da Silva, mais conhecido como Pai Edu, falecido nessa quarta-feira (4), aos 77 anos. O velório acontece no Palácio de Iemanjá, no sítio histórico de Olinda. A previsão era de que o corpo fosse enterrado às 10h mas o horário foi alterado para as 16h por causa da vinda de uma das filhas de criação do Pai Edu, que estava na França. O sepultamento será feito no Cemitério de Guadalupe, bairro homônimo, na cidade-patrimônio.
Pai Edu morreu às 6h de ontem, no isolamento da enfermaria de clínica médica do Hospital Miguel Arraes, em Paulista, depois de mais de 40 dias de internamento causado por insuficiência renal e infecção respiratória. Tinha complicações da debilidade causada por um câncer de próstata. O babalorixá, que conquistou fama nacional nos anos 70 e 80, chegou a estudar para ser padre. Em Olinda, dedicou quase 60 anos de serviços ao candomblé, formando várias gerações de mães e pais de santo.
Entierro y memoria biográfica (Pernambuco, 5/05/11)
Acontece esta tarde, no Cemitério de Guadalupe, em Olinda, o sepultamento de Pai Edu. Aos 77 anos, Eduim Barbosa da Silva morreu às 6h de ontem, no Hospital Miguel Arraes, em Paulista. O velório acontece no Palácio de Iemanjá, no sítio histórico da cidade.A previsão era de que o corpo fosse enterrado às 10h mas o horário foi adiado para as 16h por causa da vinda de uma filha de criação do Pai Edu (são cinco), Alexandrina Barbosa da Silva, da França.
Doente há cerca de cinco anos, Pai Edu deu entrada na unidade no último dia 23 de março, com pneumonia e insuficiência renal. Chegou a ser internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e morreu por falência múltipla dos órgãos.
Ele foi um dos mais conhecidos sacerdotes do candomblé no Brasil, principalmente entre as décadas de 1970 e 1990. Na década de 1970, foi coroado vice-rei, assumindo o reinado com a morte do sacerdote José Ribeiro. No Palácio de Iemanjá, erguido por ele no Alto da Sé, em Olinda, recebeu personalidades como Clara Nunes e Gilberto Freyre. É considerado por muitos o homem que aproximou o candomblé da alta sociedade, aumentando o conhecimento sobre a religião e reduzindo o preconceito. Pai Edu também fez parte da história do Náutico. Em 1999, o time deu um boi ao sacerdote como pagamento pela conquista dos títulos de penta e hexacampeão, em 1967 e 1968, respectivamente.
Segundo Joel Marques de Abreu, o Pai Jô, a saúde do Pai Edu começou a ficar debilitada há cinco anos, aproximadamente. Ele foi submetido a uma cirurgia devido a uma infecção na próstata. De acordo com Pai Jô, o babalorixá não realizou o acompanhamento indicado pelo médico. Seu quadro geral de saúde piorou e Pai Edu passou a não conseguir mais ter controle sobre a bexiga e o intestino.
Ele já não levantava mais da cama. Entre 2008 e 2009, Pai Edu foi internado duas vezes. Ele foi ficando cada vez mais debilitado e, na semana pré-carnavalesca, foi socorrido para uma UPA, de onde foi transferido ao Hospital Miguel Arraes.
Ainda adolescente, Pai Edu quis ser padre. Conta a história que foi no seminário que o babalorixá «recebeu» a primeira entidade, Zepelintra. Eduim Barbosa da Silva procurou, então, a umbanda, e, em seguida, o candomblé. A construção do Palácio de Iemanjá, segundo Pai Jô, partiu de um pedido das entidades para que Pai Edu abrisse uma casa. Diz Pai Jô que, à época, a prefeitura tentou impedir a construção ao que o sacerdote teria respondido: «um tijolo que alguém tirar daqui vai servir para o túmulo da pessoa». A obra foi mantida.
Segundo Pai Jô e o bonequeiro e filho de santo Sílvio Botelho, entre as personalidades que passaram pelo Palácio de Iemanjá estão Miguel Arraes, Clara Nunes, Chico Anísio, Dercy Gonçalves, Angela Maria e Noite Ilustrada. Na década de 1960, o nome de Pai Edu surgiu em notícias esportivas. O babalorixá teria ajudado o Náutico a vencer os campeonatos de 1963 a 1966, sendo afastado em seguida.
Em 1967, após algumas derrotas do time, um boi teria sido prometido caso o Náutico fosse campeão. Veio o penta, mas a dívida não foi paga. Em 1968, o pai de santo teria sido convocado novamente. O time foi hexa. Na década de 1980, um boi foi entregue ao pai de santo, mas ele não teria sido suficiente para saldar a dívida. Em 1999, quando o Náutico estava há dez anos sem ganhar campeonatos, foram pagos um boi e outros animais.

FUENTE:

Red Iberoamericana de Estudio de las Sectas
Rede Ibero-americana de Estudo das Seitas

__._,_.___
Responder a remitente | Responder a grupo | Responder mediante la Web | Crear un tema nuevo
Mensajes con este tema (1)
Actividad reciente:
Visita tu grupo
Cambiar a: Solo Texto, Reseña Diaria • Cancelar suscripción • Condiciones de uso.

__,_._,___

Deja una respuesta

Tu dirección de correo electrónico no será publicada. Los campos obligatorios están marcados con *